julho 31, 2019

Nenhum comentário

Arqueólogos encontram ruínas da cidade do gigante Golias

É crescente a onda de descobertas que comprovam as verdades Bíblicas. Recentemente, recebemos a informação que arqueólogos israelenses encontraram ruínas da cidade filistéia de Gate, local onde a Bíblia relata ter nascido o gigante Golias, morto por Davi.

As escavações no sítio arqueológico de Tell es-Safi revelaram ruínas mais impressionantes do que as que já haviam sido encontradas.

O arqueólogo Aren Maeir, tem escavado no sítio de Gate há anos. O problema é que Gate é um desses locais onde as pessoas vêm construindo assentamentos sobre assentamentos mais antigos há séculos, dificultando a localização de um período de tempo específico. E assim, o nível que eles acreditavam ser a cidade natal de Golias originalmente, estava errado.

Escavações anteriores revelaram ruínas que datavam dos séculos IX e X a.C., mas a nova descoberta sugere que a cidade de Gate era maior do que se imaginava, sendo que no século XI a.C. estava no auge do desenvolvimento, época em que viveu Golias.

O arqueólogo disse que só um gigante poderia ter construído aquela cidade por conta da dimensão. Isso comprova, mais uma vez, os relatos bíblicos. Temos a arqueologia e a ciência moderna apontando para a veracidade bíblica.

julho 29, 2019

Nenhum comentário

Rodovias interditadas expulsam mais cedo os Turistas de Caldas Novas GO

Iniciam amanhã 30/07 as obras que interditarão as rodovias GO 139 e GO 213, serão afetadas as saídas para Pires do Rio, Cidade do Rio Quente e Mazagão. A estimativa para concluir as obras é para até o dia 10 de Agosto.
​Isso acabou antecipando a volta de muitas pessoas para casa, a cidade começou a esvaziar desde domingo.
​Os Goianos e os Brasilienses que são a maior parte dos nossos turistas terão a sua volta pra casa chegando em até 16h de viagem.

julho 24, 2019

Nenhum comentário

Arqueólogos acreditam ter descoberto a Igreja dos Apóstolos

Pesquisadores teriam encontrado em Israel ruínas de igreja construída onde ficava a antiga casa dos apóstolos Pedro e André. Atual descoberta não é única apontada como a vila bíblica Betsaida. Arqueólogos acreditam ter descoberto o local de nascimento de São Pedro. As ruínas da igreja que teria sido construída onde ficava a antiga casa dos apóstolos Pedro e André foram encontradas numa escavação na região da Galileia, no norte de Israel, anunciaram nesta sexta-feira (19/07) os pesquisadores.

Segundo o diretor da escavação, Mordechai Aviam, os achados indicam que no local ficaria a vila histórica de pescadores Betsaida, onde teriam nascido os dois apóstolos. As ruínas de uma igreja bizantina foram encontradas ao lado de restos de um assentamento romano.

O povoado corresponde à descrição da aldeia de Betsaida feita pelo historiador romano Flavius Josephus no século I d.C., acrescenta Aviam. Já a igreja se encaixa nos relatos do arcebispo da Baviera Willibald von Eichstätt, que visitou a região em 725. De acordo com os registros daquela viagem, uma igreja teria sido construída no local onde ficava a antiga casa de Pedro e de seu irmão André.

“Entre Cafarnaum e Kursi, havia um único local que Eichstätt descreve com uma igreja”, afirmou Aviam. “Escavamos até agora menos de um terço, mas temos certeza que é uma igreja”.

Já o arqueólogo Steven Notley, que também trabalha no local, foi mais cauteloso e afirmou ao jornal israelense Haaretz que somente a escavação completa tratará a prova final.

Há décadas, arqueólogos procuram na Galileia a terra natal de São Pedro. No cristianismo, Pedro é considerado um dos primeiros discípulos de Jesus. Ele foi ainda o primeiro papa da Igreja Católica.

A atual descoberta não é única apontada como Betsaida. Aproximadamente dois quilômetros dali, outra escavação, que teve início em 1987, descobriu casas romanas com equipamentos de pesca e ruínas de um suposto templo romano. Aviam, no entanto, tem certeza de que ele e sua equipe, formada por arqueólogos de diversos países, são quem está no local certo.

CN/afp

Fonte: Portal Terra

julho 9, 2019

Nenhum comentário

Localizada em Israel antiga cidade bíblica

Alguns pesquisadores descobriram nesta semana em Israel o local de uma antiga cidade bíblica. A terra dos filisteus é citada na história do Rei Davi. Há cinco anos eles escavavam o lugar e até então não havia como identificar de fato a ocupação da cidade.

julho 3, 2019

Nenhum comentário

No cardápio da cafeteria, uma dose de ciência

Após 35 anos dedicados à sala de aula na Universidade de São Paulo (USP), Álvaro Vanucci, de 62 anos, decidiu que manter a paixão dos alunos de graduação pela Física não era o suficiente. Ele queria convencer mais pessoas de que a disciplina é interessante. Por isso, assim que se aposentou, decidiu abrir um café com a temática.

Instalado em um sobrado em uma rua com pouco movimento de carros na Barra Funda, zona oeste paulistana, o café parece apenas um refúgio do barulho e agitação da cidade. Mas, já na entrada do local, é possível ver que não se trata de uma cafeteria comum. Em cima do balcão de doces, um globo terrestre flutua no ar, sem encostar na base que o sustenta (ímãs o mantêm suspenso). Logo ao lado, está instalado um sistema de roldanas, como os que estudantes costumam ver nos exercícios de escola.

Especialista em Fusão Nuclear do Instituto de Física da USP, Vanucci decidiu que o café seria uma forma de divulgação científica inédita no País: uma cafeteria com experimentos acessíveis ao público leigo.

“Essas experiências já estão muito consolidadas na Europa e nos Estados Unidos, com museus, lojas e restaurantes com temática científica. Quando via isso em outros países sempre me questionava do porquê não existir lugares assim no Brasil.”

No café, decoração se confunde com experimentos. Uma luminária é suspensa por polias (tipo de roldana), um aparente espelho, na verdade, mostra como funciona o comportamento da luz. Pendurada no teto, uma mola de plástico demonstra a propagação de uma onda.

“Há muito preconceito com a Física porque a ensinamos de forma chata na escola, como se fosse só teoria e contas matemáticas. Os alunos associam a Física a um monte de fórmulas escritas na lousa, quando na verdade ela está presente em tudo o que fazemos.” As famosas, e para alguns até assustadoras, fórmulas também estão presentes em uma grande lousa em cima das mesas – no dia em que a reportagem esteve no café, estava descrita a equação de Schodinger – que descreve o comportamento do mundo microscópico – ao lado de uma ilustração do cientista Albert Einstein.

A reforma da casa durou dois anos, porque Vanucci queria ter certeza de que escolheu o melhor para cada um dos itens da cafeteria. Os experimentos expostos foram feitos com ajuda de colegas da USP. Já os bolos, salgados e café foram escolhidos pela mulher, também professora de Física.

No andar de cima, foram separadas três salas – uma maior para palestras, onde Vanucci já fez sessões sobre sua área de pesquisa, e outras duas menores, para aulas particulares de ensino médio ministradas por ex-alunos de Vanucci. Enquanto apresenta o café aos clientes, ele brinca com os experimentos e conversa sobre todo tipo de assunto, mostrando que a Física está presente em tudo o que se vê, ouve, toca e até o que não podemos sentir. 

Mágica

A barista Roberta Souza, que antes trabalhava na produção de medicamentos, diz ter se encantado por esse novo mundo. “Sempre dizia que não gostava de Física, mas por causa da lembrança que tinha da escola. Aqui, descobri que a Física é engraçada, como mágica. Fico curiosa para descobrir como funciona cada novo experimento que ele apresenta como se fossem brinquedos.”

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.