setembro 29, 2014

Nenhum comentário

Sua visão sempre dependerá de sua posição!

A sociedade humana tem se caracterizado pelas constantes mudanças e revoluções. Buscamos uma evolução ininterrupta, pressionando continuamente para melhores resultados e sucessos em todas as áreas da vida. Alguns fatores básicos são fundamentais para este movimento. Valores como liberdade democrática, sucesso, competência e meritocracia são bússolas que apontam sempre para a busca de novos caminhos e resultados.

Em uma sociedade livre e competitiva, apenas os melhores se estabelecem. Apenas os vencedores permanecem. Os demais são retirados do caminho. Aqueles que titubeiam e vacilam podem não terem chances. Como diz em um conto japonês, “a oportunidade se apresenta como uma mulher careca com uns fios de cabelos na testa em forma de rabo de cavalo: ou você a agarra na primeira vez, ou ela te deixará para sempre”. Portanto, valorize as oportunidades que se apresentam a você. Elas podem ser únicas.

Muitas vezes, o esforço para nos manter na frente da batalha nos rouba a capacidade da antecipação. A visão embaçada não nos permite enxergar em longa distância. Estamos sempre “matando sempre um leão por dia”. É a luta cotidiana pela sobrevivência.

Admiro aqueles que receberam os piores golpes da vida e sobreviveram. São pessoas que foram lançadas em posições bastante desprivilegiadas, mas conseguiram tirar a diferença e construíram trajetórias notáveis.

Existem pessoas que possuem uma capacidade além do normal de se reconstruir e se reajustar. Essas pessoas merecem o nosso respeito e a nossa admiração. Elas nos mostraram, em seu caminho e sua história, que possuem “a chama da vida”. Elas lutaram e não desistiram nem se entregaram, por exemplo à bebida ou às depressões, que tantas vezes abatem outras em condições muito mais favoráveis.

Em tempos de crise em nossas vidas, o melhor é não ouvir o que estão “descendo”. Até porque eles já tentaram e não conseguiram. Para eles, a entrada é realmente muito difícil. Portanto, antes de ouvir alguém, como seu conselheiro ou até mesmo como o seu mentor, perceba se esta pessoa está “subindo” ou “descendo”. Sua visão sempre dependerá de sua posição! Os que estão na planície só enxergam o plano. Os que estão no vale só veem os montes que os cercam. E os que estão nos montes, esses sim, enxergam muito além. Antes de escolher um livro de cabeceira, veja onde, na estrada da vida, está seu autor.

 

setembro 17, 2014

Nenhum comentário

Físico Gerald Schroeder ministra no Seminário Ciência com Fé e agradece ao Bispo Rodovalho pela oportunidade

Em debate no Seminário Ciência com Fé: A Gênesis do Universo, promovido pelo Instituto Hayah, liderado pelo Bispo Rodovalho, na Itália, Gerald Schroeder, PHD pelo MIT (Massachussets Institute of Technology) falou ao site Hayah sobre a experiência que viveu ali e agradeceu pelo debate. “Os dois seminários que fizemos, tanto em Florença assim como em Milão, foi uma experiência de pura e total sinergia!”.

No seminário que aconteceu nos dias 30 e 31 de agosto,onde compareceu cerca de 700 pessoas, Schroeder falou que o “encaixe que tivemos entre a Ciência e a Bíblia foi como se estivéssemos, literalmente, vivendo os versículos iniciais do Salmo 19”. Agradeceu ao Bispo Rodovalho pela oportunidade e disse que os estudos na ciência comprovam, cada vez mais, que Deus existe de fato. “É verdade que cada parte do Universo manifesta a Glória da Obra, de seu Criador ! A fé em Deus é boa, mas nós vamos além da fé e através do estudo da ciência podemos saber que Deus existe de fato, é essa foi a alegria que senti nesses dias. Obrigado Bispo Rodovalho e Pastores, por terem me propiciado  essa experiência!”

 

setembro 9, 2014

Nenhum comentário

Instituto Hayah promove seminários em Florença e em Milão, na Itália

Entre os dias 30 e 31 de agosto, o professor e físico norte-americano Gerald Schroeder realizou em Florença e em Milão, na Itália,  seminários com o tema “A Gênesis do Universo”. Os eventos foram de iniciativa do Instituto Hayah, do Bispo Rodovalho, e teve como foco a ligação entre as recentes descobertas científicas e os mais antigos textos bíblicos.

Com participação de centenas de pessoas, o evento contou, também, com o apoio do ministério italiano Sabaoth, representado por sua fundadora, pastora Roselen Faccio, assim como do  ministério Sara Nossa Terra.

Com intermediação da pastora e coordenadora do evento, Maria Inês, os presentes puderam conhecer um pouco mais sobre o Instituto Hayah e seu objetivo de promover o reencontro entre a Ciência e a Fé. A pastora apresentou ainda o Bispo Robson Rodovalho e seu trabalho como cientista e fez uma breve explanação sobre a Sara Nossa Terra. “Nos seminários visamos despertar a fé por meio da ciência, seja para aqueles que ainda não conhecem a Deus, assim como fortificar a fé daqueles que já O conhecem, fornecendo bases cientificas a fé”, disse Inês.

A pastora destacou ainda que ao contrário do que muitos poderiam pensar, a fé e a ciência não são verdades antagônicas, mas dois prismas e visões diferentes de uma mesma realidade.

Durante os seminários, foram destacadas a criação do Universo e as novas descobertas realizadas com o advento da física quântica, que contribuíram para explicar e embasar diversos textos bíblicos sobre a criação. “É verdade que cada parte do Universo manifesta a glória da obra de seu criador! A fé em Deus é boa, mas nós vamos além da fé. Através do estudo da ciência,  podemos saber que Deus existe de fato”, observou Schroeder.

 Os participantes e organizadores puderam experimentar de forma intrínseca os primeiros versículos do Salmo 19, como comenta o professor Schroeder. ” O encaixe que tivemos entre a ciência e a Bíblia foi como se estivéssemos, literalmente, vivendo os versículos iniciais do Salmo 19. O professor destacou ainda a importância de cada profissional envolvido na organização dos seminários. “A sinceridade das pessoas com quem trabalhei, excedeu em muito as minhas maiores expectativas. Os dois seminários que fizemos, foi uma experiência de pura e total sinergia”.

Para a pastora Roselin Faccio, todo o aprendizado ficará marcado positivamente na memória de todos. ” Foi simplesmente fantástico. Ficamos impactados. Depois do seminário a minha fé cresceu ainda mais.  Muito obrigada ao Instituto Hayah por promover a fé por meio da ciência”, comemorou.